Atualização Cryptopia: Saldo dos traders foram liberados?

0 876

A Cryptopia, uma exchange de Nova Zelândia que sofreu um dos piores hacks conhecidos pela comunidade de criptografia em 2019. Os hackers conseguiram roubar o equivalente a US $ 16 milhões.

A bolsa continuou operando por mais alguns meses até chocar os traders com um anúncio surpresa. No anúncio, Cryptopia declarou falência. Os traders que armazenaram seus fundos na bolsa não tiveram acesso a seus fundos desde então.

O único outro escândalo que pode superar o da Cryptopia em 2019 seria a carteira chinesa, a PlusToken.

Luz no fim do tunel.

A bolsa publicou atualizações periódicas através de seu Twitter, de onde veio esta última atualização:

Parece que os dados da Cryptopia foram armazenados por uma empresa terceira nos Estados Unidos. Grant Thornton está trabalhando junto com a polícia e agências do governo para devolver fundos aos usuários.

Outros pontos de interesse incluem a tentativa de recuperar fundos do hack de janeiro. Eles terminaram o anúncio lembrando aos clientes que provavelmente precisarão passar por outro processo KYC / AML. Isso será necessário se e quando os fundos do cliente forem devolvidos.

Tal como aconteceu com o hack da Mt.Gox, recuperar fundos pode levar anos, se é que chega. Embora manter a comunidade informada seja um passo na direção certa, deve-se observar que esse anúncio está otimista demais.

Lembrando que, “não são suas chaves, não é seu Bitcoin” e armazene suas criptomoedas com segurança, fora de exchanges.

Fonte crypto-markets
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.