É Top Saber - Notícias e Análises

Redes sociais

As mais recentes plataformas de mineração aumentam a dificuldade para eliminar a concorrência

bitcoin-mining-rigs.jpg

Compartilhe:

O analista de segurança cibernética, Matt C, destacou a crescente pressão das mais recentes plataformas de mineração sobre as gerações anteriores de mineradores, já que os custos de hash chegam a US$ 0,07/kwh.

Comparando os oito Miners exibidos no tweet de Matt, fica claro que a diferença de desempenho é bastante acentuada entre as plataformas da geração 2022 mais recentes e as plataformas da geração anterior.

À medida que a lucratividade da mineração diminui para modelos mais antigos – mesmo em números negativos – os modelos posteriores a 2022 estão aumentando a dificuldade a tal ponto que estão empurrando a concorrência totalmente para fora do negócio de mineração de Bitcoin.

A análise de dados de mineração de Bitcoin (BTC) fornecida pela Luxor Mining detalhou que, em um instantâneo datado de 21 de novembro, a dificuldade de mineração aumentou 0,96%. A equipe posteriormente corrigiu esse valor em um comentário abaixo afirmando que “o último ajuste de dificuldade foi de 0,51%, NÃO 0,96%”.

Apesar da correção necessária, a mensagem clara no instantâneo exibido mostrou que o preço do hash estava começando a cair como resultado do aumento da dificuldade e da queda no preço do BTC – de volta à mínima histórica de cerca de $ 54/PH/dia.

Até o momento, o preço do hash aumentou desde o instantâneo de 21 de novembro e está em aproximadamente US$ 58,07/PH/dia.

Fonte

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *