Após venda do Cruzeiro, XP fica à frente do jogo no setor de futebol Por Estadão Conteúdo

0 28

© Reuters. Após venda do Cruzeiro, XP fica à frente do jogo no setor de futebol

A venda do Cruzeiro para o ex-jogador Ronaldo Nazário marca o início da era de transformação dos grandes clubes de futebol brasileiros em empresas. Mas, para que isso aconteça, há uma grande articulação nos bastidores para que bancos de investimento e consultorias tragam investidores para um mercado que ainda engatinha. Nessa disputa, quem marcou o primeiro gol foi a XP (NASDAQ:) (SA:), que articulou a venda do Cruzeiro. E a empresa já corre atrás de novos negócios nessa área.

De acordo com Pedro Mesquita, sócio da XP e responsável por essa área dentro do banco criado por Guilherme Benchimol, as próximas operações devem acontecer em breve. Segundo ele, existem investidores interessados nos clubes brasileiros. A conta é a seguinte: investir em real nos times, que mesmo com todos os problemas ainda conseguem revelar diversos craques, para depois vender jogadores em ou . É a mesma lógica do setor de commodities. Até agora, diz Mesquita, o banco já tem na sua carteira o Botafogo, do Rio de Janeiro.

Para dar conta da demanda, a XP montou um time de cinco pessoas, dentro da sua área de banco de investimento, totalmente focado em esporte. Mas a equipe pode aumentar nos próximos meses. “É um mercado que não existia e que vai crescer muito. Estamos querendo ajudar o futebol brasileiro como um todo. Vemos isso como uma alavanca social. Por isso, não estamos restritos a times apenas da série A”, diz Mesquita. Segundo ele, o negócio com os clubes não difere de operações normais de fusão e aquisição com as quais o banco está acostumado.

O perfil dos investidores interessados, segundo o executivo, não tem sido o dos endinheirados dos países árabes, como é visto em times como o Manchester City, da Inglaterra, e o Paris Saint-Germain, da França. “São empresários que estão investindo no mundo inteiro e com uma cabeça de sustentabilidade e profissionalização, e que veem no Brasil um mercado amador e com grande potencial”, afirma.

Segundo Amir Somoggi, fundador da consultoria Sports Value, a XP está de olho em um mercado que movimentou US$ 5 bilhões nos últimos anos contando apenas compra e venda de clubes de futebol. “É pouco pensando no mercado de fusões e aquisições, mas está crescendo e é um mercado que está em bastante evidência”, diz Somoggi. “E a venda de um clube endividado como o Cruzeiro, como foi e para quem foi, ajuda na estratégia.”

Rivais

Além da XP, outros grupos também estão de olho nesse mercado. A consultoria EY já possui uma área dedicada a esportes há anos e auxiliou o Cruzeiro na concepção do projeto de clube-empresa. Além dela, a consultoria Alvarez & Marsal (que também trabalhou no projeto do Cruzeiro) e o banco BTG Pactual (SA:) também estão atrás de clubes. “Diversos clubes estão procurando a nossa consultoria pensando nessa possibilidade de migrar para o modelo de SAF (Sociedade Anônima do Futebol)”, afirma Pedro Daniel, sócio da EY especializado no mercado.

Além de Cruzeiro e Botafogo, que estão sob a batuta da XP, o Estadão apurou que América-MG e Chapecoense também estão adiantados para realizar a venda dos seus departamentos de futebol.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.

Receba gratuitamente o Guia Prático do Bitcoin.

Credit: Fonte

Compartilhe sua opinião.

%d blogueiros gostam disto: