ÉTopSaber Notícias e Criptomoedas

Redes sociais

Após a aprovação do ETF BTC à vista, a próxima 'criptografia utilitária'? Investidor acredita…

Jeevanator An Illustrative Representation Of A Crypto Scam In P 7291652c 9213 4ea5 9630 8692998ca5fc 1 1000x600.png

Compartilhe:


  • Proeminente criptoinvestidor prevê que a tecnologia blockchain evoluirá além de suas aplicações financeiras
  • Num contexto de crescimento significativo, existe agora uma maior procura por quadros regulamentares robustos

Em entrevista à CNBC, Chris Dixon, um importante investidor em criptografia e sócio geral da Andreessen Horowitz, compartilhou uma perspectiva aprofundada sobre a rápida evolução blockchain tecnologia. Dixon prevê um futuro onde o blockchain se tornará um componente central da infraestrutura da Internet.

“Acho que essa tecnologia é inevitável. Acho que este é o futuro da internet.”

Blockchain além das finanças

Dixon enfatizou a distinção entre “criptografia de dinheiro” como Bitcoin e aplicativos DeFi e “criptografia utilitária”. A criptografia utilitária abrange um espectro muito mais amplo de aplicações blockchain.

Esta visão expansiva da tecnologia blockchain vê seu potencial se estendendo a domínios como jogos, redes sociais e vários outros serviços de Internet. Isto marca uma mudança na sua imagem tradicional como instrumento financeiro.

A era dos ETFs

Um ponto crucial da discussão foi a recente decisão da Comissão de Valores Mobiliários (SEC) sobre um fundo negociado em bolsa (ETF) Bitcoin à vista. Dixon vê este desenvolvimento como um sinal positivo para a indústria.

“A criptografia tem sido uma tecnologia controversa e acho que qualquer aceitação institucional como o ETF é uma coisa boa.”

Ele também expressou otimismo para a adoção futura de ETFs e outros produtos financeiros dentro do mundo criptográfico, alinhando-se com sua dedicação em estimular empreendedores que estão criando aplicações blockchain orientadas a serviços públicos.

O mundo subestimado dos NFTs

Outra área significativa sobre a qual Dixon falou foi o entusiasmo contínuo em torno de tokens não fungíveis (NFTs). Contrariamente à crença de que os NFTs estão a desaparecer, Dixon argumentou que a sua utilidade é, de facto, subestimada.

Dixon apontou os US$ 8,7 bilhões em vendas de NFT em 2023 como evidência de seu mercado em expansão. Além disso, chamou a atenção para suas aplicações além dos avatares digitais. Os NFTs podem ser usados ​​em diversos setores, como mercadorias digitais para músicos e redes sociais descentralizadas.

Blockchain e IA: uma convergência

Por fim, a entrevista abordou a intersecção entre blockchain e inteligência artificial (IA), particularmente no que diz respeito a deep fakes e autenticidade da Internet. Dixon sugeriu que o blockchain poderia desempenhar um papel significativo na criação de trilhas de auditoria imutáveis. Pode potencialmente contrariar o aumento de conteúdo falso online.

Ele também afirmou que há uma necessidade crítica de estruturas regulatórias claras e robustas no espaço criptográfico. Este foco é particularmente pertinente na sequência de grandes eventos como O colapso da FTXsublinhando a importância da supervisão regulamentar.

Andreessen Horowitz, com Dixon no comando de seu braço criptográfico, investiu em vários players importantes, como Coinbase, Uniswap, Solana e OpenSea. Os seus conhecimentos são particularmente valiosos numa altura em que a indústria criptográfica regista um rápido crescimento e enfrenta tanto o escrutínio regulamentar como a evolução tecnológica.

Fonte

Leave a Comment