ÉTopSaber Notícias e Criptomoedas

Redes sociais

Apoiador de Lula é suspeito de matar bolsonarista após confusão em bar no MT

Viatura Confresa 2 E1679350368361.jpg

Compartilhe:

A policia civil investigar o assassinato de um homem em um bar no distrito de Selma, a 60 km de Jaciara, no Mato Grosso. Segundo o boletim de ocorrência da Polícia Militar, a corporação foi acionada para o local e encontrou a vítima, Valter Fernando da Silva, 36 anos, já em óbito.

De acordo com o relato do dono do estabelecimento à PM, o suspeito do crime “defendia o atual presidente” (Luiz Inácio Lula da Silva) e Valter “era defensor do último ex-presidente” (Jair Bolsonaro). Após o início de uma briga por motivo político, o proprietário ouviu tiros e, quando foi checar, viu uma vítima no chão.

Segundo a Polícia Civil, testemunhas disseram que os envolvidos estavam consumindo bebidas alcoólicas.

Durante as buscas, a Polícia Militar encontrou um veículo abandonado, que foi confirmado como posse do suspeito do crime, que o utilizou para fuga e abandonou.

Durante a checagem desse veículo, foi percebido também um outro carro com “dois indivíduos em atitude suspeita”. Segundo as autoridades, eram dois irmãos, que enfrentaram dificuldades durante o interrogatório policial e confessaram que estavam atrás do suspeito para ajudá-lo a escapar até a cidade de Campo Verde.

O suspeito continua foragido, e a arma de fogo utilizada no crime não foi localizada. A perícia constatou que Valter levou dois tiros na região do abdome.

*editado por Tiago Tortella, da CNN

Fonte

Leave a Comment