ÉTopSaber Notícias e Criptomoedas

Redes sociais

Apagão no Equador ocorreu por problemas de manutenção e transmissão, diz governo

Equador.jpg

Compartilhe:

O governo do Equador afirmou que o anúncio nacional que aconteceu na quarta-feira (19) foi causado por problemas de manutenção e transmissão no sistema elétrico do país.

“As cortes que tivemos hoje [quarta-feira] se deve à falta de investimento em manutenção, nova transmissão elétrica e proteção da infraestrutura de transmissão elétrica”, disse o ministro da Infraestrutura Pública equatoriana, Roberto Luque, em conferência de imprensa.

Luque destacou que o apagão poderia ter sido evitado se o país tivesse executado um plano de investimento para “proteger a infraestrutura tanto de geração [de energia] como de transmissão” após um pagamento semelhante ocorrido em 2004.

Ainda assim, o apagão de quarta não tem relação com a crise energética que o país atravessou em abril passado, segundo Luque.

De acordo com o último relatório do governo, a energia foi restaurada em 95% do país.

O apagão afetou hospitais, residências e grande parte do sistema de metrô do país, e deixou os 17 milhões de habitantes sem eletricidade.

Na capital Quito, uma equipe da CNN viu dois hospitais, incluindo um centro médico infantil, perderem energia durante. Ambos os centros médicos acionaram geradores.

Em Guayaquil, a maior cidade do país, o pagamento também afetou brevemente outros dois hospitais.

Os moradores da cidade tiveram que lidar com o apagão em meio a um calor de 32 ºC. “É insuportável, está muito quente e úmido e não podemos usar ar condicionado ou ventilador”, relatou um cidadão à CNN.

Segundo o prefeito Pabel Muñoz, o pagamento foi tão “significativo” que afetou o metrô, embora este “utilize um sistema [elétrico] isolado”.

Fonte

Deixe um comentário