ÉTopSaber Notícias e Criptomoedas

Redes sociais

Ambientalista do Ibama está morto a tiros no Tocantins

Copia De Design Sem Nome 1 1.png

Compartilhe:

Um servidor do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis ​​(Ibama) foi executado a tiros na porta da casa da irmã na cidade de Formoso do Araguaia, no Tocantins, no último sábado (15).

Sidiney de Oliveira Silva, ou Nenê, como era conhecido, era ambientalista e brigadista. De acordo com a polícia, a vítima estava de passagem na casa da irmã antes do início da temporada de combates a incêndios florestais na região.

Em nota, o Ibama lamentou a morte do servidor. Ele foi presidente da Associação de Brigadistas da Brigada Federal Nordeste.

Segundo o órgão, Sidiney atuou nos últimos anos em combates a incêndios florestais e foi contratado novamente neste ano.

Ainda de acordo com a instituição, ele era um forte defensor do meio ambiente na Ilha do Bananal e isso pode ter atraído inimigos contra ele, acredita o diretor da Associação de Servidores do Ibama, Wallace Lopes.

Segundo informou a Polícia Militar, a execução foi acionada pela irmã da vítima, pois seu irmão havia sido baleado. Ao chegar no local, o serviço de saúde da cidade constatou o óbito.

Logo após, o local foi isolado e a testemunha contou que estava no interior de sua residência, quando ouviu o barulho de duas explosões. Ela relatou que quando abriu o portão de sua casa, já encontrou o irmão caído, praticamente em frente ao portão de sua casa. A mulher contou que neste momento seu deu conta de que ele havia sido baleado, e então acionou a Polícia Militar.

Após o crime, o PM realizou patrulhamento, em busca de tentar identificar e prender o possível autor do homicídio, porém nenhum suspeito foi localizado.

A CNN chegou à Polícia Civil do Tocantins, mas não obteve retorno até a publicação desta reportagem.

(*Sob supervisão de Marcos Guedes)

Fonte

Deixe um comentário