ÉTopSaber Notícias e Criptomoedas

Redes sociais

A Índia se afasta das armas russas, mas tenta evitar a aproximação de Moscou e Pequim, dizem fontes

Tagreuters.com2024binary Lynxmpek0r05u Filedimage.jpg

Compartilhe:

A Índia tenta se distanciar-se de sevocê é o principal fornecedor de armasapós a capacidade de fornecimento de munições e peças da Rússia seprejudicada pela guerra na Ucrânia, mas deve agir com cautela para evitar uma aproximação entre Moscou e China, afirma fontes indianas.

O maior importador de armas do mundo está se virando lentamente para o Ocidente à medida que os Estados Unidos procuram fortalecer os laços na região Indo-Pacífico, na esperança de conter uma China ascendente, longeendo uma nação do Sul da Ásia da dependência tradicional da Rússia.

A Rússia atingiu 65% das compras de armas pela Índianum valor superior a 60 bilhões de dólares durante os últimosmas duas décadasdas, segundo o Instituto Internacional de Investigação para a Paz de Estocolmo, mas A guerra na Ucrânia impulsionou a diversificação da sua basese de armas.

“Não é provável que assinemos qualquer acordo militar importante com a Rússia”, dissese Nandan Unnikrishnan, especialista em Rússia do think tank de Nova Deli da Observer ReseFundação arco. “Isso seria uma linha vermelha para Washington.”

Essa visão surge apesar das ofertas de Moscou, descritas por quatro fontes do governo indiano, entre elas um alto funcionário de segarantia que se aposentou recentemente, incluindo plataformamas como os mais avançados helicópteros Kamov e caças Sukhoi e MiG, com o estímulo adicional da fabricação conjunta na Índia.

Fonte

Leave a Comment